jul 27, 2020

|

por: DCS

|

Tags: Data Center, Manutenção, Manutenção Preventiva

|

Categoria: Novidades

O que todo mundo deveria saber sobre manutenção preventiva do data center

A manutenção preventiva do data center garante confiabilidade máxima, tomando medidas proativas para reduzir o tempo de inatividade não programado do equipamento e outras falhas evitáveis.

Você pode se dar ao luxo de deixar um de seus ativos críticos de distribuição de energia porque perdeu a manutenção preventiva programada? De acordo com um estudo recente do Instituto Ponemon, um minuto de inatividade do data center agora custa em média US$8.800. Com uma duração média de incidência relatada de 90 minutos, podemos calcular que essa queda agora custa US$ 792.000.

A manutenção preventiva garante confiabilidade ao data center. Ela atua tomando medidas proativas para reduzir o tempo de inatividade não programado do equipamento e outras falhas evitáveis. O objetivo da manutenção preventiva é instituir inspeções programadas para que os defeitos possam ser detectados antes que eles evoluam para algo mais grave. Os data centers que não realizam manutenção planejada e preventiva têm um risco maior de falha de ativos.

Separamos sete dicas fundamentais para uma manutenção preventiva de primeira classe em seu data center!

Segurança primeiro

Os data centers contêm vários riscos que podem afetar a vida e a saúde dos técnicos. A equipe deve estar ciente dos riscos potenciais à segurança ao executar atividades de manutenção preventiva. Use a etiqueta de bloqueio sempre que necessário. Certifique-se de que os técnicos do data center estejam familiarizados com os processos de saúde e segurança ao executar tarefas de manutenção preventiva, documentando-os em todos os procedimentos de MP e fornecendo treinamento regular de segurança.

Programe inspeções e manutenção regulares

A realização de manutenção preventiva no no-break e nas baterias reduz bastante a chance de downtime. Em um estudo recente da Emerson Network Power, o tempo médio entre falhas para as unidades UPS que receberam dois eventos de manutenção por ano é 23 vezes maior do que uma máquina sem eventos de manutenção por ano. O mesmo vale para outros sistemas críticos, como os geradores. A manutenção preventiva regular pode reduzir a chance de falha, reduzir a quantidade de energia consumida e prolongar a vida útil do equipamento!

Usar listas de verificação padronizadas

As listas de verificação padronizadas garante que os técnicos saibam o que fazer durante a manutenção preventiva, além de garantir que as mesmas verificações padrão sejam executadas todas as vezes. Novamente, a manutenção recomendada pelos fabricantes é um bom ponto de partida e isso pode ser aprimorado com o tempo. Certos trabalhos podem exigir procedimentos adicionais de treinamento e segurança, portanto, as listas devem descrever o que é necessário.

Impor conformidade com MP

Dados os custos potenciais do tempo de inatividade do data center, é importante concluir as MPs dentro de um prazo determinado. Sua pontuação de conformidade de manutenção preventiva (CPM) é a porcentagem de ordens de serviço programadas de MP que são concluídas no prazo. Quem decide esse tempo? A regra de 10% de manutenção é um bom ponto de partida. A regra afirma que uma ação de manutenção preventiva deve ser concluída dentro de 10% do intervalo de manutenção planejada. Por exemplo, uma PM trimestral a cada 90 dias deve ser concluída dentro de 9 dias da data de vencimento ou está fora de conformidade. A regra de 10% pode ajudar a manter seus intervalos de MP constantes, reduzindo a variação da variável de tempo, melhorando assim a confiabilidade.

Manter registros detalhados de ordens de serviço e MP

Se algo der errado, a documentação insuficiente pode causar mais sofrimento do que o gerente de um data center precisa. Relatórios de Manutenção Preventiva bem documentados garantem que os dados estejam disponíveis sempre que os auditores vêm inspecionar. Assim também, informações históricas de ordens de serviço podem ser usadas para identificar problemas crônicos de equipamentos e níveis inaceitáveis ​​de tempo de inatividade, para que soluções como inspeções regulares ou manutenção preventiva possam ser implementadas para reduzir proativamente o nível de tempo de inatividade no futuro.

Como afirmou o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, “você não pode melhorar o que não pode medir”. Medindo seu desempenho por meio de KPIs, como conformidade com MP, disponibilidade e confiabilidade; você pode otimizar sua manutenção preventiva para maximizar sua eficácia e minimizar custos.

Obter um CMMS

Um CMMS é a melhor maneira de ajudar a rastrear, medir e melhorar sua manutenção preventiva. Os sistemas informatizados de gerenciamento de manutenção (CMMS), às vezes chamados de software de manutenção preventiva, permitem que o gerente da instalação, subordinados e clientes rastreiem o status do trabalho de manutenção em seus ativos e os custos associados a esse trabalho em um sistema abrangente. O software CMMS pode ajudar um data center a reduzir os custos de manutenção, aumentar a vida útil dos ativos, melhorar a confiabilidade e a produtividade e reduzir o tempo de inatividade do equipamento. Ele garante que a manutenção preventiva seja realizada regularmente, de acordo com os protocolos estabelecidos. Também dará ao técnico de manutenção acesso rápido às informações do equipamento, como procedimentos, histórico de ordens de serviço e dados de manutenção e indicadores métricos.

Sabemos que a rotina da empresa, e os riscos naturais de operação podem alterar a equalização do sistema de um data center. Por isso, nada melhor do que contar com o Suporte Técnico da Datacenter Solutions, que oferece procedimentos de manutenção, prevenção, assessoria e resolução, garantindo toda a tranquilidade que os seus dados merecem! Entre em contato e conheça nosso trabalho!