set 26, 2017

|

por: DCS

|

Categoria: Novidades

Inatel substitui cabos de cobre por cabo único de fibra óptica

O Instituto Nacional de Telecomunicações realizou uma mudança no cabeamento de seus 10 laboratórios, substituindo fios de cobre por fibra óptica

A partir de uma doação da empresa Parks, o INATEL utilizou a infraestrutura de rede POL (Passive Optical LAN) para garantir maior velocidade no tráfego de Internet, servidores internos, telefonia e outros serviços e dados.

O que antes eram centenas de cabo de cobre fornecendo rede local, agora é um único cabo de fibra óptica. Ele oferece até 40GB com apenas 90W. Ou seja, além de alcançar maior velocidade no processamento de dados, a novidade também trouxe uma grande economia de energia, gastando agora o equivalente a uma lâmpada comum.

Laboratórios beneficiados

Entre os laboratórios do Inatel que substituíram o cabeamento, estão o Lab. Centro de Referência em Radiofrequência, que desenvolve o 5G brasileiro, o Lab. WOCA (Convergência Óptica e Wireless), Lab. Rádio Cognitivo, Lab. Empreendedorismo, Lab. Robótica, Lab. Internet das Coisas, Lab. Geral do Mestrado, Lab. Games e Lab. Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia Assistida.

Todos os laboratórios beneficiados são voltados ao estudo e desenvolvimento de novas tecnologias brasileiras, como pesquisas em sistemas de celulares de quinta geração (5G), comunicações ópticas, Internet das Coisas e Internet do Futuro, que inclusive já produziram materiais e artigos científicos apresentados para a União Europeia.

Fonte: Terra